17/06/2010

Silêncio na África do Sul

Meu amigos e amigas. Não queria estar na pela do técnico da seleção da África do Sul, o brasileiro Carlos Alberto Parreira, principalmente depois da goleada que a sua equipe sofreu diante do Uruguai por 3 a 0.


As vuvuzelas vão ficar mudas até a partida diante da França, na próxima terça-feira (dia 22), mas sinceramente não acredito em um progresso dos africanos. O barco afundou definitivamente, As ruas de Johannesburgo devem estar silenciosas e chorando. Uma pena.


Não é fácil segurar essa peteca, mas futebol é assim mesmo. Nem sempre ganha o melhor. A alegria contagiante do povo sul-africano tem nos deixado feliz. Aquele desfile em carro aberto vai ficar na história.


E não é que ela demorou aparecer. Olha ela aí gente. A zebrinha começou a pintar não só na Copa como também em São Paulo com a retirada definitivamente do estádio Cícero Pompeu de Toledo, o Morumbi, da Copa do Mundo de 2014. Essa briga é de gente grande e vou pagar para ver o resultado final.

E o Chile já está aguardando os espanhóis para estragar a festa e deixar de lado aquele favoritismo. A derrota da Espanha (1 a 0) para a Suíça deixou todos com a pulga atrás da orelha.


Acho que os toureiros já devem estar prontos para a retirada e retornar para as suas arenas. O azarão é Honduras, mas eles vão complicar, principalmente porque eles já venceram o Brasil.


Na realidade, A Espanha chegou com pinta de favorita, mas as coisas nem sempre acontecem como a gente planeja. A Fúria como ela chamada ainda pode conseguir a sua classificação, mas os chilenos estão a todo vapor e com moral na competição.


Estou acompanhando as enquetes feitas pelos "entendidos", mas todas furadas, principalmente porque ninguém segue acreditando na nossa seleção.


Hoje mais uma boa rodada onde a zebra vai aparecer com certeza.


A nossa seleção está concentrada, treinando e esquentando novamente as turbinas e a bateria.

Após o jogo, haja samba no Brasil.



E ponto final.

3 comentários:

Silvana - Interior Adentro disse...

Oi Professor!

Eu fiquei morrendo de peninha da África, mas aí o emerson me contou que fizeram sacangem com Joel Santana...

Ele me contou a história toda de trocar o Joel peo Parreira, apenas pq o último tem mais nome, e jogar o outro no limbo bem em época de seleção.

Aí deus castiga né? Joel foi campeão pelo Botafogo e o Parreira pagou esse mico. Está cada dia mais rico, é verdade, mas foi um mico - e um castigo.

Aqui faz, aqui paga.

Agora a Espanha eu acho que rola uma intriga racial por ali. Quer dizer, bascos, Eta e etc e tal. Parece que juntaram jogadores de etnias diferentes, que brigam a muito tempo em seu próprio país. O erro foi nesse tipo de escalação que resultou numa falta total de entrosamento.

Pra quemnão entende de nada, sou bem palpiteira, concorda?....hahaha

Abraços!!

Biula disse...

Oi, Prof!

Eu tb não entendo nada, e realmente, trocar o Joel pelo Parreira, aff... volta, Joel, pro Flamengo, please!

Mas foi chato ver o banho gelado na alegria do povo, lamentável.

Ainda há muito jogo pela frente, vamos ver o que acontece, nunca se sabe, e isso é bom, senão tudo ficaria sem graça, não é?

Brasiiilllll!!!!!

Aquele abraço,

Paula K. disse...

Oi Rozinaldo!!!
Parabéns pela cobertura da copa!!! Somente assim consigo me atualizar entendendo o que está acontecendo, já que trabalho durante os jogos, e só ver a repetição de gols na TV não é a mesma coisa...
Mas sempre dou uma passadinha aqui no seu blog!
Um ótimo dia a vc e Lourdes!
Bjinhos, Paula K.